Descontínuo Reverso

Fotografia: Chema Madoz (Espanha, 1958).

terça-feira, 26 de maio de 2009

Trecho de conto: Como montar um homem


Man Ray (EUA, 1890-1976). Max Ernst, 1934.


Trago em algum canto a memória. Desconhecida, desenvolvida à espreita. Posta aos meus poros interrupta. Posta diante da minha cama numa cópia de Miró, enorme papel amarelo com som e tato de lixa e com a assinatura desse copista justo que posso já reconhecer. Ali mais que na voz da fita que brinca com os balbucios que, me dizem, são os dos meus três meses de nascido. Antes de mais nada, o que sei é que as coisas que gosto de fazer ele faria comigo. E tenho em mim o dele. Junto comigo pergunto: como se monta um homem?