Descontínuo Reverso

Fotografia: Chema Madoz (Espanha, 1958).

domingo, 16 de dezembro de 2007

Capital

Foto: Berenice Abbott (Estados Unidos, 1898-1991). Court of the First Model Tenement, 1936.
Depois do segundo metrô os rostos são ilusões de familiaridade que não se cumprimenta: espreita e imagina. Não ignora. Os mais à vontade detém o domínio da conveniência do cinismo. Mas não se ignora. É sofrido nos ombros, nos joelhos, no pescoço, nos punhos, nos tornozelos, nas falanges, esse reconhecimento, esse desdobramento. Depois desce na estação da Sé. O mundo desce na estação da Sé. Sem perceber já se está trincando no gosto, no tempo, na vontade. Trinca que desenha um rio no concreto. Abala a resistência à cidade, e não sabemos o que foi. O que aconteceu. Depois já é tarde demais. Já fomos inundados quando percebemos num assombro como é triste a agonia de um rio. Fugindo, aquela era a vida fendida abalada fornicada culpada prenhe. O barco repintado de branco e vermelho jogado nas margens do Tietê é acompanhado dos descuidos. E de repente é silêncio e paralisia na marginal do Tietê. É o silêncio de dentro daquele barco escuro, o silêncio impossível despregado da camada de tinta tão grossa que se pressente, a sua espessura. Todo mundo olha e a membrana de casas amontoadas estica maleável sua promessa de continuidade. A membrana tensiona e não saímos nunca. Não saímos mais. A cidade é feita das belezas obstruídas. A cidade comove. A cidade dói. A cidade é feia das belezas obstruídas, a cidade.

3 comentários:

Elinaldo disse...

1- Genial textualidade. Faz da palavra, crônica; dá mais vida ao que seria passageiro.

- - - - - - - - - - - -- - -

Outro causo... Agora quanto à mensagem que me postou:

Pôxa Vida! Que bela Surpresa!... Que bela surpresa!

De fato não a cheguei a conhecê-la Priscila, não deu tempo, pois fui embora antes de Assis, quando me mudei para Ribeirão Preto no final de 2000. Vc não tem idéia do quanto é bom ouvir o nome do Rui aqui em casa, logo hj pela manhã de uma segunda-feira, pois tanto eu quanto Mila, minha companheira, gostavamos por demais deste figura (ô, saudade! deix'está...) Vamos sim, nos linkar neste mundo digital, e se possível ao vivo quando for aí em Assis visitar uns amigos (se vc estiver em Assis, é claro). Posso te fazer um pedido? Vc me mandaria uma foto de Igor, eu nunca o vi. Tenha certeza q será guardada com muito, muito carinho por mim e por Mila.

De coração, abraço. Obrigado Priscila pelo contato, muito bem vindo!

Elinaldo (elinaldomeira@gmail.com)

Marcela disse...

Priprioca! Adorei seu texto cheio de sensações!! Descrição de São Paulo com a sensibilidade de uma assisense!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,